menu ENTRE EM CONTATO - Moa Sipriano FACEBOOK - Moa Sipriano AudioBooks - Moa Sipriano INSTAGRAM - Moa Sipriano Página inicial - Moa Sipriano - Literatura Gay de Qualidade
divisao
AudioBooks

AudioBooks - Moa Sipriano

CONTOS & CRÔNICAS EM ÁUDIO

Agora você pode ouvir o "moa" quando e onde quiser. Os famosos "sipriposts" diretos, sem rodeios, vividos e experimentados que você tanto curte nas Redes Socias, aqui são abrilhantados na voz marcante de Carlos Eduardo Valente. Escolha o tema, dê o play (ou baixe o arquivo MP3 no seu celular, tablet, computador) e curta fragmentos das minhas histórias homopopulares!

divisao

AudioBook - Moa Sipriano

O GRITO DO SILÊNCIO

Um devaneio. Uma mensagem de alerta. Um pedido de socorro. Uma avaliação profunda de si mesmo. Um romper de barreiras. Uma atitude que não poder ser mais adiada. Duração: 23s

divisao

AudioBook - Moa Sipriano

O SENHOR DOS SONHOS

Intimidade. Meditação. Superação. Vontade imensa de recomeçar. Planejar o segundo passo, mudar rotinas, quebrar barreiras, romper limites. Buscar a merecida liberdade. Duração: 33s

divisao

AudioBook - Moa Sipriano

RESPEITO

Compreensão e Paciência. Saber ouvir, sem julgar. Eis a chave para o convívio perfeito entre todos. Minha reação quando "o santo não bate"? Ouça e se inspire na minha atitude. Duração: 1m e 30s

divisao
O Autor - Moa Sipriano

AudioBook - Moa Sipriano

AudioBook Gauchalemão - Moa Sipriano - Baixe gratuitamente!

ADVOGADO - 0m:00s

A intimidade de um pelúnico casal gaúcho. Advogado enrustido e Contador resolvido num delicioso enlace homoerótico, antes das obrigações do dia a dia.

ÁL / COOL - 01m:46s

No louco amor, a bebida mantém o alicerce das mais bizarras fantasias, na surreal intimidade dos nossos enroscos selvagens e nossos sexos não rotulados.

ASAS - 03m:30s

Sinto a presença dele. Sinto seu cheiro e suas cores. Sei que ele existe. Ele está na minha sintonia. Meu Anjo da Guarda. Minha Alma Companheira.

BAILAR - 04m:20s

Elas aproveitam tua machosidade no rodopio dançante da Grande Festa. Eu fisgo meu marido gaúcho na madrugada, entre rebolados doutro mundo.

BOFF - 05m:50s

Um anjo despencado em meus braços. Foi uma aventura de instantes de intensa fodaria. Era um acontecimento a marcar profundamente minha existência.

CHIMAS - 10m:26s

A chuva. Fazer o amor gaúcho. Se envolver nas delícias da carne e da alma. Olhares, pegadas e jogos de encantamento. O chimas coroa a pelúnica união.

CHIMASSEXO - 12m:03s

Jamais foi algo passageiro. Estávamos marcados em outras esferas. Nosso ritual do "chimassexo" era a prova definitiva das nossas enraizadas afinidades.

COURO - 14m:30s

Foram outras as habilidades que o mecânico descobriu logo no meu primeiro dia de trabalho. Minha submissão sensual não estava impressa no currículo.

DAR - 16m:03s

Você já deu hoje? Não? Nunca? Pois você não sabe o que anda perdendo. Dar é ótimo. Promove um bem danado. Renova a pele. Abre largos sorrisos. Dar é essencial!

DELEGATO - 17m:25s

Uma galáxia de possibilidades dentro de oito paredes. Machos a se consumirem no amor e na luxúria. Carapaças enrustidas perante a dita-cuja da Sociedade.

DESCOBERTA - 20m:38s

De uma cagada monumental surgiu a oportunidade da descoberta da minha segunda sexualidade. O guri me reconheceu. Ele foi meu primeiro e único amor.

DOMINGO - 22m:26s

Lavar o carro. Esfregar o possante. Espumar nossos corpos. Bailar entre os jatos de água fria e da mais pura e amornada essência do Homem. Sexo, Sol e Prazer.

ESCADAS - 24m:17s

Um encontro. O desejo. Louca aventura. Impensável descoberta. Prazer inenarrável. Rei e escravo. Vício aflorado. Nunca mais seríamos os mesmos.

ESPELHO - 29m:56s

No cubículo privativo, entre bafos etílicos ao raspar meus pecados, deliro em sonhos na esperança de chamar a atenção do meu gaúcho encantado.

ESPERANÇA - 32m:27s

Na Internet, esbarrei no seu semblante digital a implorar minha atenção. Aceitei o seu pedido de amizade. A Esperança entoava seu hino de Amor.

ESQUENTA - 35m:18s

Encontro clandestino. Elas não podem saber. Eles se enroscam na Luxúria. Eles precisam um do outro. Eles se amam. Mas não assumem suas verdades.

FUTEBESTAS - 38m:57s

A cerveja? Pretexto para a pegação. Corpos ardentes em esfregações surreais. Hipocrisia ao chão. Realidade crua entre línguas macholinas.

GAUCHALEMÃO - 42m:56s

Paixão. Admiração. Respeito. Cumplicidade. Carinho. Amor. Amizade. A entrega completa de um Paulista ao seu amo e senhor: um autêntico "gauchalemão".

LADRÃO - 43m:59s

Dominação capaz de libertar almas não mais encarceradas pela Ignorância. Tudo é válido no sexo, quando dois machos se entregam ao Amor.

MADRUGADA - 45m:42s

Não é um sonho. A sensação da presença do Escolhido fica mais forte. Caminhando sul afora, colônia por colônia, o encontro será inevitável.

MULTIDÃO - 47m:24s

Não importa o lugar. Nem a quantidade de zumbis a perambular no tempo e no espaço. O que vale é expressar o que se sente. Antes que seja tarde.

PADRE - 48m:25s

Olhares e canções. Vontade e reações. Encontro na madrugada. Enlace a causar marcas profundas. Uma aventura - real? - a deixar saudades.

PÉ - 50m:40s

Toque certeiro. Sensações afloradas. Submissão permitida. A descoberta da real liberdade. Machos no Prazer. Virilidade e Luxúria de mãos bem atadas.

PELADA - 52m:16s

Aquele famoso jogador sulista quebrou todas as barreiras ao assumir seu amor por um homem. Sonho ou realidade? Cabe ao ouvinte decidir.

PRELIMINARES - 53m:22s

A Dor mancomunada com o Prazer. Submissão amparada pela Liberdade. Pelúnicos gaúchos libertos de todo pudor. Sexo a saturar almas gloriosas.

RODOVIÁRIA - 54m:18s

Encontro escrito na cauda de um cometa. União marcada pela Providência. O futuro de ambos revelado na textura de um beijo roubado.

TEMPO - 55m:41s

Jamais deixe de viver aquilo que você pode experimentar. Nunca deixe passar a oportunidade única do convívio com o homem ideal.

VERMELHO - 56m:26s

Acordamos entre beijos e delírios sensuais. Somente um "vermelho" a coroar as delícias da nossa equilibrada união. Somos privilegiados.

VIVER - 58m:01s

Não adianta você fugir, pois o que há entre nós jamais será eliminado. Ainda viveremos a nossa história. Baixe a guarda. Aceite seu destino.

XADREZ - 59m:22s

No jogo, sei que você idolatra minhas investidas selvagens. Satisfaço tua sensibilidade. A estupidez sensual dos meus ataques alquebra teus limites.

divisao
O Autor - Moa Sipriano

MOA BY SIPRIANO - Moa Sipriano

Contato - Moa Sipriano

MOA SIPRIANO

Foi pioneiro na criação de livros digitais contendo textos que retratam com crua fidelidade e lirismo todos os meandros do universo gay masculino. Suas histórias e verdades são escritas com inteligência, sarcasmo, poesia e erotismo na medida exata, proporcionando momentos de surpreendentes descobertas ao leitor. Tarimbado sobre questões do coração e da alma "colorida", busca oferecer uma honesta reflexão através de opiniões transparentes, diretas e sinceras, isentas de bla-bla-blás e rodeios.

divisao

Carlos Eduardo Valente

Contato - Carlos Eduardo Valente

CARLOS EDUARDO VALENTE

Ator, diretor de teatro, dublador, narrador. Quase 65 anos de vida bem vivida, cheio de histórias pra contar. Até tenta escrever um pouco, mas não tem a disciplina necessária como nas outras áreas citadas. Depois de morar vinte anos em Porto Alegre, voltou a Pelotas, onde se formou em Psicologia. Viveu em São Paulo durante uma longa temporada. Agora mora em Florianópolis, onde retornou após treze anos longe da ilha. Está sempre batalhando por novos desafios. Afinal de contas, viver é bom demais!

divisao
divisao
QUER CONVERSAR?
divisao
2004 / 2019 - site, e-books e design gráfico - tudo criado por Moa Sipriano
Free Music Archive Pixabay Imagens Gratuitas